Professores chamam assembleia de deflagração da greve em março na defesa do piso.

Professores da rede estadual do RN, recusam proposta de parcelamento do aumento do piso em três parcelas, 4,28% em maio desse ano 2020 e os restante em 2021, 4,28 em janeiro e 4,28 em abril sem previsão de retroativos, nem garantia da paridade dos aposentados.

Em sua fala durante a assembleia, a professora Francenilda do Partido operário revolucionário perguntou o que mudou no governo de Fátima? Para ela, parece os governos Rosalba e Robson. E acrescenta que além do ensino integral que os professores recebem gratificação, quando deveriam receber salário, tem dois problemas graves. O primeiro é querer pagar o reajuste parcelado, quando deveria ser pago desde janeiro. O segundo problema é a reforma da previdência que aumenta alíquota de ativos e taxa os inativos. Para Francenilda a saída é a greve com ampla mobilização da categoria, de alunos e pais.

Para o professor Júnior Monteiro, coordenador pedagógico da Escola estadual Augusto Xavier de Góis não se pode admitir que o governo do PT, governe contra os servidores, pois estes são chamados a pagar uma conta que não são responsáveis. Por que o governo não revê a política de renuncia fiscal e taxa com alíquotas maiores os maiores salários poupando os menores salários, que são os que geram riqueza na sua localidade?

O fato é que entra e sai governo e acontece a mesma palhaçada, o servidor é tratado como escória. Júnior ainda lembra que o ano passado o governo deu 16,38% de aumento ao judiciário e Tribunal de contas e ainda apoiou o 13 salário retroativo de deputados estaduais. Para Júnior só resta fazer greve.

No final da assembleia realizada hoje no Wiston Churchill a categoria de professores foi unanime na reprovação da proposta do governo e tirou indicativo uma nova assembleia que será realizada em 28 de fevereiro com indicativo e greve. De acordo com o SINTE, espera-se que o estado reveja sua proposta, caso contrario será deflagrada a greve em 4 de março, momento que a categoria realizará uma nova assembleia.

greve2020

Foto Assembleia retirada do site do SINTE

Sobre mundosofismo

Somos educadores populares e acreditamos na teoria de educação freirena, este espaço se destina a comunicação popular nas mais variadas mídias e formas. Buscamos colaborar com a liberdade de expressão através da defesa absoluta da democratização da mídia, colaborando com causas e movimentos e seus protagonistas nas lutas em todas os meios inclusive através do ciberativismo em Rede Mundial de Computadores.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s