Agora a tarefa é avaliar o Edital do Concurso SEEC/RN 2015 para solicitar as modificações necessárias, além de defender a convocação de todos e todas do concurso 2011

O primeiro ponto de pauta foi uma análise de conjuntura levando em conta o Concurso SEEC 2011 e percebe-se que a SEEC RN está apostando em um novo concurso público e que não deve realizar nenhuma convocação de vulto.

20151031_120743

Ao mesmo tempo observamos que das 1900 vagas anunciadas para o concurso 2015, muitas delas podem ser utilizadas para comprovar a falta de professores, pois são para componentes curriculares que repetem o concurso 2011 além dos suportes pedagógicos.

20151031_120717

Na reunião de hoje dessa forma iniciamos a análise do EDITAL SEEC/RN 2015, anotamos algumas questões que gostaríamos de compartilhar colegas:

1- As provas serão realizadas simultaneamente em cada uma das 16 Diretorias de Educação e Cultura situadas nas cidades de Natal, Parnamirim, Nova Cruz, São Paulo do Potengi, Ceara-Mirim, Macau, Santa Cruz, Angicos, Currais Novos, Caico, Assu, Mossoró, Apodi, Umarizal, Pau dos Ferros e João Câmara;

2- O concurso felizmente não é mais por polos, agora vai ser por Diretoria de Educação e Cultura, isso facilitará com que todos possam permanecer mais próximos de suas residências, melhorando a forma de escolha da localidade que se fará o concurso;

3- É preciso prestar muita atenção na quantidade de vagas anunciada 1400, que nos parece subdimensionada, por exemplo a infinitesimal quantia destinada para Sociologia, Filosofia, Ensino Religioso, Química, Lingua Espanhola, que tem menos de 2 vagas por Diretoria de Educação e Cultura;

4- Uma questão para se pedir informações é sobre a avaliação de títulos que segundo o edital “tem caráter apenas classificatório”  mas que segundo edital só serão submetidos os “candidatos aprovados na etapa anterior classificados ate o limite de 6 (seis) vezes o número de vagas para cada cargo/disciplina em cada Polo/DIREC”.

Tratamos ainda da construção de um cursinho preparatório para o concurso 2015, ação que conta com o total apoio do Presidente da CTB Moacir Soares que está colaborando para que a CTB EDUCACÃO encontre outros parceiros para a implementação do projeto.

20151031_120819

 Segue o linque do edital completo

Anúncios

Sobre mundosofismo

Somos educadores populares e acreditamos na teoria de educação freirena, este espaço se destina a comunicação popular nas mais variadas mídias e formas. Buscamos colaborar com a liberdade de expressão através da defesa absoluta da democratização da mídia, colaborando com causas e movimentos e seus protagonistas nas lutas em todas os meios inclusive através do ciberativismo em Rede Mundial de Computadores.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

12 respostas para Agora a tarefa é avaliar o Edital do Concurso SEEC/RN 2015 para solicitar as modificações necessárias, além de defender a convocação de todos e todas do concurso 2011

  1. Josenilson disse:

    Requisitos para investidura no cargo de professor de Ensino Religioso:

    Diploma, devidamente registrado, de conclusao de curso de nivel superior de licenciatura plena e complementacao pedagogica, fornecido por instituicao de ensino superior reconhecida pelo MEC.

    Esse parâmetro fere a proposta do ensino laico e não proselitista.
    A licenciatura plena em Ciências da Religião, é, conforme defende a UERN, o único requisito para investidura no cargo.
    Da forma que e está posto no edital com qualquer licenciatura poderá concorrer as vagas para ER.

  2. Christina disse:

    Onde seria esse cursinho?

  3. Analy Barros disse:

    Pessoal, outra coisa que me chamou bastante atenção foi vagas para licenciatura em pedagogia com habilitação específica em educação especial. Já pesquisei bastante e não consigo encontrar essa graduação. Acho que deveria ser pedagogia com especiaização em educação epecial…

  4. Rafael Moreira disse:

    A habilitação para educação especial são para todos que se formaram com a disciplina de educação especial ou equivalente. Assim, não é necessário a especialização (Lato Sensu), exceto se devidamente expresso em edital.

  5. Analy Barros disse:

    Quem já é concursado em Suporte Pedagógico pode fazer para suporte novamente, totalizando 60 horas?

  6. Ana cecília disse:

    Pessoal, quem tem o curso de Pedagogia com habilitação em Magistério das Matérias Pedagógicas do 2º grau, pode fazer o concurso para as séries iniciais?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s