Serra de São Bento/RN: O MP instaurou inquérito civil para apurar a denuncia sobre salários dos professores contratados

Sobre ofício nº 062/2015 entregue ao Ministério Publico, foi instaurado inquérito civil para apurar os fatos narrados no ofício (INQUÉRITO CIVIL 077/2015). O Sindicato afirma que os professores contratados pelo município de Serra de São Bento recebem apenas um salário mínimo e não tem direito a hora atividade.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Serra de São Bento e Monte das Gameleiras no Estado do Rio Grande do Norte –  SINDSERRAMONTE constatou que o município de Serra de São Bento não cumpre a Lei 11.738/2008 que estabelece um piso salarial para os profissionais do magistério, com isso, após uma assembléia com a categoria no ultimo dia 21 de agosto ficou deliberado algumas ações para que abrissem o dialogo  com a gestão local, mas não houve respostas aos ofícios encaminhado pelo SINDSERRAMONTE aos responsáveis, com isso o MP foi acionado.

O que chama atenção também é que no Plano Municipal de Educação está lá posto como se os salários dos professores contratados fossem semelhantes aos efetivos dentre outras mentiras.

Com isso, o SINDSERRAMONTE espera a partir da agilidade do MP na pessoa do Promotor, Flávio Henrique de Oliveira Nóbrega, contribuir efetivamente para qualidade do ensino e valorização dos profissionais do magistério no município de Serra de São Bento.

Do Plano Municipal de Educação

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s