Greve: Por maioria absoluta e somente 14 abstenções e nenhum voto contrário Parnamirim aprova indicativo de Greve para 02 de março.

Parnamirim em Assembléia realizada dia 24 de fevereiro, define indicativo de greve conforme informa o SINTSERP, Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Públicos do Município de Parnamirim:

“Os trabalhadores da Educação do município de Parnamirim estiveram reunidos hoje (24) durante os turnos matutino e vespertino em assembleia na sede do SINTSERP. O encontro reuniu professores e funcionários de escola que deliberaram por deflagrar Greve na próxima segunda-feira (2). Foram 254 votos a favor, 14 abstenções e nenhum contra.”

greveparna

Veja aqui a agenda de Luta e Pauta de Reivindicação:

A categoria luta por uma pauta de reivindicações. Acompanhe algumas das causas:

Pela Progressão das letras;
Pelas Eleições Diretas para Diretor;
Pelo Reajuste Nacional do Piso dos Professores;
Pela atualização e implementação da Lei Municipal nº 900/96 que trata do Plano de Cargos, Carreira e Salários dos Servidores Municipais de Parnamirim;
Pela realização de Concursos para Merendeira, Auxiliar de Serviços Gerais – ASG, Porteiros/Vigias;
Pela criação e implementação de um Plano de Cargos, Carreiras e Salários – PCCS para os Funcionários de Escola;
Pela incorporação das gratificações por insalubridade para os merendeiros;
Pela ascensão funcional da categoria que de acordo com o PCSR tem previsão de dois anos e ascensão automática;
Contra a situação precária das escolas e CMEIS;
Contra as salas quentes, a falta de estrutura, materiais e recursos das escolas e CMEIS;
Contra a falta de merendas e fardamentos;
Contra o Assédio Moral
Contra a falta de transparência e a não prestação de contas do FUNDEB
Participe da nossa Agenda de Lutas:
25, 26 e 27 de fevereiro – quarta, quinta e sexta – visitas e mobilizações nas Escolas
2 de março – segunda – 8 e 14 horas na Sede do SINTSERP – Assembleia dos trabalhadores da Educação
2 de março – segunda – 16 horas – Ato Público em frente à Prefeitura de Parnamirim
3 de março – terça – visitas e mobilizações nas Escolas
4 de março – quarta – visita a Câmara Municipal de Parnamirim
5 de março – quinta –  mobilizações e visitas às escolas
6 de março – sexta – visita ao Ministério Público – 4ª Promotoria de Justiça de Parnamirim/RN”
Anúncios

Sobre mundosofismo

Somos educadores populares e acreditamos na teoria de educação freirena, este espaço se destina a comunicação popular nas mais variadas mídias e formas. Buscamos colaborar com a liberdade de expressão através da defesa absoluta da democratização da mídia, colaborando com causas e movimentos e seus protagonistas nas lutas em todas os meios inclusive através do ciberativismo em Rede Mundial de Computadores.
Esse post foi publicado em Educação, Greve, Lei do Piso, Pátria Educadora e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Greve: Por maioria absoluta e somente 14 abstenções e nenhum voto contrário Parnamirim aprova indicativo de Greve para 02 de março.

  1. RICARDO FERREIRA disse:

    É INCRÍVEL COMO ESSES SINDICATOS E SEUS PARTICIPES OS PROFESSORES PREJUDICAM NOSSAS CRIANÇAS DIZENDO QUE O QUE FAZEM E PARA BENEFICIO DAS NOSSAS CRIANÇAS,MENTIRA ELES SÓ VISAM O RETORNO PRÓPRIO CERTAMENTE O FINANCEIRO CLARAMENTE,UM POLICIAL QUE ARRISCA VIDA GANHA MENOS QUE UM PROFESSOR E MUITOS OUTROS PROFISSIONAIS ,SE A CLASSE ACHA QUE O GANHO DELES É POUCO QUE MUDEM DE PROFISSÃO NÃO FIQUEM COM O PRETEXTO DE BENEFICIAR OS ALUNOS ,USANDO AS NOSSAS CRIANÇAS COMO FERRAMENTA DE TROCA

    • mundosofismo disse:

      O senhor está completamente enganado. A Educação como a Segurança são ambos profissionais que precisam ser bem pagos, e hoje no Rio Grande do Norte os policiais ganham mais que um professor.
      Principalmente se formos ver oficialato, pois um coronel ganha 14 mil reais, e um tenente em início de carreira ganha 7 mil, já um professor do estado em fim de carreira com Doutorado ganha pouco mais de 5 mil reais no inicio de carreira aproximadamente 2 mil reais.
      Não entendo porque tamanha raiva do senhor com relação aos profissionais de educação, mas cada um escolhe a profissão que quer e luta por melhores salários. Boa Sorte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s