Greve no Municipio de Conceição do Coité na luta pela aplicação integral da Lei do Piso

Professores municipais de Conceição do Coité anunciam greve por tempo indeterminado

O foco principal da greve não é defasagem ou salários atrasados, e sim a questão da carga horária.

As aulas de rede pública municipal de Conceição do Coité tiveram início na última quarta-feira, 19/02, mas já foi anunciada greve pela maioria dos professores, após a realização de assembleia geral na manhã desta segunda-feira,23, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais – SPMCC a reunião contou com a presença de centenas de educadores e educadoras.

greve-dos-professores-municipais-de-coité-des

Segundo o presidente do Sindicato o Sr. Leonardo Mascarenhas disse ao Calila Notícias “desde a última sexta-feira, 13, a categoria queria aprovar a greve, caso o prefeito não viesse cumprir a lei do piso, e o ponto mais debatido na reunião foi a questão da “hora aula”, pois segundo ele, “a lei é clara e estipula 13 horas/aula, que muitos estados já cumprem, e municípios, inclusive na região, citou exemplos de Valente e Riachão do Jacuípe.”

A principal questão é que foi aprovada na última sexta-feira, uma lei autorizando uma mudança na carga horária pela secretaria de educação com relação horas/aulas de 45 minutos: “13 aulas que a lei manda mais 15 que o município quer, então vamos tirar a média, 13 com 15 igual a 28 e fica 14, vamos dar 14 aulas em 2015 de 45 minutos, e em 2016 ajustamos pra 13 aulas, e nesse meio tempo, já está o mandado de segurança na justiça”, sugeriu o presidente do Sindicato como forma de transição para o que determina a Lei do Piso.

Fonte e Fotos: http://www.calilanoticias.com/2015/02/coite-i-professores-municipais-anunciam-greve-por-tempo-indeterminado.html

Anúncios

Sobre mundosofismo

Somos educadores populares e acreditamos na teoria de educação freirena, este espaço se destina a comunicação popular nas mais variadas mídias e formas. Buscamos colaborar com a liberdade de expressão através da defesa absoluta da democratização da mídia, colaborando com causas e movimentos e seus protagonistas nas lutas em todas os meios inclusive através do ciberativismo em Rede Mundial de Computadores.
Esse post foi publicado em Greve, Lei do Piso, PATRIA EDUCADORA e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s