As 1897 propostas de instituir cidades digitais surpreendem governo.

O interesse dos municípios pelo cidades digitais surpreendeu até o Diretor do Departamento de Infraestrutura para a Inclusão Digital.
Segundo Américo Bernardes foram 1897 propostas de implantação de Cidades Digitais de 1901 municípios e o orçamento de 100 milhões será suficiente para atender entre 7,9 a 10,5% das propostas:
“Foi uma surpresa, até porque no ano passado, na primeira seleção, tivemos 216 inscrições. Vamos agora trabalhar os critérios, análogos aos da primeira leva, relacionados ao índice de desenvolvimento de cada município, uma vez que temos orçamento de R$ 100 milhões, o que significa entre 150 e 200 cidades”, explica o diretor do departamento de infraestrutura para inclusão digital, Américo Bernardes.
Segundo dados colhidos a época do primeiro edital de cidades digitais, finalizaram o cadastro 263 municípios, porém somente 192 foram considerados habilitados para a segunda fase e o MiniCom realizou a escolha dos os 80 municípios utilizando um orçamento de 40 milhões.
Agora com as Cidades Digitais acertadamente incluída no PAC 2 a escolha está nas mãos do GPAC e provavelmente esteja pronta em 30 dias conforme o edital.
O processo de seleção vai ser baseado nos indicadores de desenvolvimento humano, viabilidade e sustentabilidade. Um problema que certamente vai se apresentar no percurso é que além dos indicadores poucos dados informados pelo próprio município poderão ser utilizados e avaliados com a qualidade necessária pois o Sistema de Cadastramento utilizado somente permitia 500 caracteres em cada campo espaço visivelmente insuficiente para uma resposta mais elaborada a questões como:

  • Impacto econômico e social,
  • Ações e projetos beneficiados,
  • Resultados esperados, e
  • Possíveis Parcerias.

Essa quantidade de inscrições dá vários indicativos, primeiro que o PAC realmente acertou em incluir o Cidades digitais, segundo que a demanda reprimida exige um orçamento no mínimo 20 vezes maior e por último que para realizar a inclusão digital o papel do governo federal é muito maior do que se dimensionou pois os municípios estão contando com o governo para entrarem na era da informação.

//

Anúncios

Sobre mundosofismo

Somos educadores populares e acreditamos na teoria de educação freirena, este espaço se destina a comunicação popular nas mais variadas mídias e formas. Buscamos colaborar com a liberdade de expressão através da defesa absoluta da democratização da mídia, colaborando com causas e movimentos e seus protagonistas nas lutas em todas os meios inclusive através do ciberativismo em Rede Mundial de Computadores.
Esse post foi publicado em Cidade Digital e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para As 1897 propostas de instituir cidades digitais surpreendem governo.

  1. Pingback: Rádio Cirandeira Ultrapassa as 200.000 visualizações | Rádio Cirandeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s