Programa Cidades Digitais é incluído no PAC e terá mais R$ 100 milhões

Brasília, 29/01/2013 – O Programa Cidades Digitais do Ministério das Comunicações será incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) por determinação da presidente Dilma Roussef e terá um reforço de R$ 100 milhões no orçamento de 2013. A informação foi passada nesta terça-feira pelo ministro Paulo Bernardo aos prefeitos reunidos no Encontro Nacional de Prefeitos que ocorre até amanhã em Brasília.

Ministro do Ministério das Comunicações Paulo Bernardo no Encontro de Prefeitos e Prefeitas dia 28 de janeiro de 2013.

Ministro do Ministério das Comunicações Paulo Bernardo no Encontro de Prefeitos e Prefeitas dia 28 de janeiro de 2013.
Foto:Herivelto Batista

Segundo Bernardo, o Ministério Comunicações assinou hoje 80 contratos com os municípios selecionados na primeira chamada que se encerrou em outubro de 2012. A partir de 4 de fevereiro será feita nova chamada para os municípios que querem participar do programa e devem se inscrever e procurar informações no site do Ministério: www.mc.gov.br

Sobre o Cidades Digitais – O projeto-piloto Cidades Digitais do Ministério das Comunicações possibilita a modernização da gestão das cidades com a implantação de infraestrutura de conexão de rede entre os órgãos públicos, de aplicativos de gestão pública, capacitação de servidores, a disponibilização de espaços de acesso público e gratuito à internet para a população. Proporciona o acesso da comunidade aos serviços de governo, além da inclusão digital dos municípios brasileiros, resultado em desenvolvimento local. O projeto conta, entre outros, com a parceria do Ministério do Planejamento, Telebras, Inmetro e BNDES.

A rede das Cidades Digitais é composta por um anel de fibra óptica que interliga os órgãos públicos locais. Empresas integradoras, contratadas por meio de pregão eletrônico, serão as responsáveis pelo fornecimento de equipamentos, serviços de instalação, suporte técnico e capacitação da administração municipal. As empresas operarão a rede por seis meses e, por três anos, darão garantia de funcionamento da infraestrutura implantada. A avaliação, aceitação e certificação da rede são do Inmetro. A infraestrutura básica e os aplicativos poderão ser expandidos, posteriormente, inclusive com financiamento do BNDES.

Fonte: http://www.mc.gov.br/

Mais Informações sobre Cidades Digitais, Inclusão Digital, PNBL e outras políticas e ações na área das Tecnologias da Informação e Comunicação visite:

Anúncios

Sobre mundosofismo

Somos educadores populares e acreditamos na teoria de educação freirena, este espaço se destina a comunicação popular nas mais variadas mídias e formas. Buscamos colaborar com a liberdade de expressão através da defesa absoluta da democratização da mídia, colaborando com causas e movimentos e seus protagonistas nas lutas em todas os meios inclusive através do ciberativismo em Rede Mundial de Computadores.
Esse post foi publicado em Cidade Digital e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Programa Cidades Digitais é incluído no PAC e terá mais R$ 100 milhões

  1. Pingback: Rádio Cirandeira Ultrapassa as 200.000 visualizações | Rádio Cirandeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s