Cidade Digital e Programa Nacional de Banda Larga ações casadas

Segundo Lygia Pupatto (Secretária de Inclusão Digital – Ministério das Comunicações), o projeto deve utilizar as redes de fibra óptica da Telebras e vai se articular diretamente com o Programa Nacional de Banda Larga. Eles são projetos casados, porque logicamente você só pode fazer implantação de uma cidade digital onde haja conexão Nós vamos fazer a última milha. Chegando a infovia da Telebras, nós vamos distribuir essas fibras ópticas para todos os prédios públicos da prefeitura, bem como nós vamos disponibilizar sinais públicos de internet, que pode ser o sistema wi-fi como também os nossos telecentros.
Vídeo com a noticia.

Anúncios

Sobre mundosofismo

Somos educadores populares e acreditamos na teoria de educação freirena, este espaço se destina a comunicação popular nas mais variadas mídias e formas. Buscamos colaborar com a liberdade de expressão através da defesa absoluta da democratização da mídia, colaborando com causas e movimentos e seus protagonistas nas lutas em todas os meios inclusive através do ciberativismo em Rede Mundial de Computadores.
Esse post foi publicado em Cidade Digital e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Cidade Digital e Programa Nacional de Banda Larga ações casadas

  1. Pingback: Rádio Cirandeira Ultrapassa as 200.000 visualizações | Rádio Cirandeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s