Concurso Público organizado por empresa de Guarabira é anulado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte

A Empresa que estava organizando o certame era a Metta Concursos com sede em Guarabira na Paraíba.

O concurso público da Prefeitura Municipal de Extremoz, estado do Rio Grande do Norte, que estava com inscrições abertas desde o dia 27 de fevereiro e iam até o próximo dia 30, foi cancelado por determinação do Ministério Público Estadual, conforme Recomendação Ministerial de Nº 005/2012.

A Empresa que estava organizando o certame era a Metta Concursos com sede em Guarabira. Segundo informações obtidas no site da própria Empresa, os candidatos deverão receber suas inscrições de volta, depois de procedimento a ser adotado em consonância com a Prefeitura de Extremoz.

Segundo a Recomendação do Ministério Público a medida deve-se a falhas no processo licitatório adotado pela administração municipal, que foi a modalidade pregão.

O concurso oferecia 156 vagas para diversos cargos de níveis fundamental, médio e superior e as provas estavam previstas para o dia 06 de maio.

Operação “Q.I”

Há poucos meses, O Ministério Público do Rio Grande do Norte, havia desencadeado a Operação “Q.I”, dando cumprimento a quatro mandados de prisão e nove mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo de Direito da Comarca de Martins, resultando na prisão de mais três pessoas em razão de flagrantes de crimes, totalizando sete pessoas presas.

O empresário Antônio Laurentino, dono das empresas CONCSEL e SOLUÇÕES e preso na operação, em seu depoimento, havia confirmado as fraudes nos concursos públicos e disse que no escritório da CONCSEL eram guardados papeis timbrados das empresas Meta e Acaplam para serem usados em licitações, conforme autorização de seus respectivos proprietários.

As cidades do RN que tiveram concursos realizados pela empresa investigada foram Campo Redondo, Severiano Melo, Lajes Pintadas, Jaçanã, São Bento do Trairí, Japi, Assú, Riacho da Cruz, Serra do Mel, Sítio Novo, Baraúna, Jardim de Angicos e Ceará Mirim.

Essa operação busca averiguar desmandos e corrupção nos processos seletivos realizados pelas prefeituras para a contratação de funcionários públicos.

Fonte: NoticiasPB

Sobre mundosofismo

Somos educadores populares e acreditamos na teoria de educação freirena, este espaço se destina a comunicação popular nas mais variadas mídias e formas. Buscamos colaborar com a liberdade de expressão através da defesa absoluta da democratização da mídia, colaborando com causas e movimentos e seus protagonistas nas lutas em todas os meios inclusive através do ciberativismo em Rede Mundial de Computadores.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Concurso Público organizado por empresa de Guarabira é anulado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte

  1. anderson oliveira disse:

    como eu faço para receber meu dinheiro da escrição?
    desde já agradeço.

  2. Pingback: Rádio Cirandeira Ultrapassa as 200.000 visualizações | Rádio Cirandeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s