PEC da Aposentadoria dos Deputados e Senadores

Recebi no meu correio eletrônico uma preciosidade, creio que não seja ainda uma verdade a instituição desse Projeto de Emenda Constitucional que busca moralizar as atividades do nosso Senado e da nossa Cãmara dos Deputados.

Realmente é uma verdade que temos no legislativo brasileiro um processo de construção de regalias inimagináveis, que destoam da realidade da população brasileira, e nesse sentido acho que o conteúdo do e-mail abaixo pode colaborar se não com a moralização dos desgastados e pouco confiáveis senadores e deputados, pode pelo  menos provocar uma reflexão sobre privilégios e descaso com os trabalhadores, o INSS enfim a população brasileira.

Viva a igualdade, que todos sejam iguais, inclusive os políticos profissionais do nosso país.

URGENTE: APOSENTADORIA PEC

Peço a cada destinatário para encaminhar este e-mail a um mínimo de vinte pessoas em sua lista de endereços,e pedir a cada um deles para fazer o mesmo.
Em três dias, a maioria das pessoas no Brasil terá esta mensagem. Esta é uma idéia que realmente deve ser considerada e repassada para o Povo. 

Lei de Reforma do Congresso de 2011

(emenda à Constituição)

PEC de iniciativa popular:
Lei de Reforma do Congresso (proposta de emenda à Constituição Federal)

“1. O congressista será assalariado somente durante o mandato. Não haverá ‘aposentadoria por tempo de parlamentar’, mas contará o prazo de mandato exercido para agregar ao seu tempo de serviço junto ao INSS referente à sua profissão civil.

2. O Congresso (congressistas e funcionários) contribui para o INSS. Todo a contribuição (passada, presente e futura) para o fundo atual de aposentadoria do Congresso passará para o regime do INSS imediatamente. Os senhores Congressistas participarão dos benefícios dentro do regime do INSS exatamente como todos outros brasileiros. O fundo de aposentadoria não pode ser usado para qualquer outra finalidade.

3. Os senhores congressistas e assessores devem pagar seus planos de aposentadoria, assim como todos os brasileiros.

4. Aos Congressistas fica vedado aumentar seus próprios salários e gratificações fora dos padrões do crescimento de salários da população em geral, no mesmo período. 

5. O Congresso e seus agregados perdem seus atuais seguros de saúde pagos pelos contribuintes e passam a participar do mesmo sistema de saúde do povo brasileiro.

6. O Congresso deve igualmente cumprir todas as leis que impõe ao povo brasileiro, sem qualquer imunidade que não aquela referente à total liberdade de expressão quando na tribuna do Congresso.

7. Exercer um mandato no Congresso é uma honra e uma responsabilidade, não uma carreira. Parlamentares não devem servir em mais de duas legislaturas consecutivas. 
8. É vedada a atividade de lobista ou de ‘consultor’ quando o objeto tiver qualquer laço com a causa pública. “

Se cada pessoa repassar esta mensagem para um mínimo de vinte pessoas, em três dias a maioria das pessoas no Brasil receberá esta mensagem. 

A hora para esta PEC é AGORA.

Eu e 99,9 % da população brasileira apoiamos, mas será que passa.

Anúncios

Sobre mundosofismo

Somos educadores populares e acreditamos na teoria de educação freirena, este espaço se destina a comunicação popular nas mais variadas mídias e formas. Buscamos colaborar com a liberdade de expressão através da defesa absoluta da democratização da mídia, colaborando com causas e movimentos e seus protagonistas nas lutas em todas os meios inclusive através do ciberativismo em Rede Mundial de Computadores.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , . Guardar link permanente.

5 respostas para PEC da Aposentadoria dos Deputados e Senadores

  1. Márcia disse:

    Ok. Eu também concordo. Mas o que podemos fazer que possa ter um efeito positivo?
    Existe uma petição pública sobre isso para podermos assinar?
    Eu também recebi esta mensagem, mas ela só surtirá efeito caso algo seja feito a respeito, senão, ficará como uma reclamação vazia, sem nenhum efeito positivo real, já que desmoralizados os congressistas já estão. Então, caso alguém saiba o que se pode fazer a respeito, vamos acrescentar essa informação à mensagem original para divulgá-la também.

  2. fox disse:

    Embora a ideia por trás possa ser nobre (e a indignação correta), quem elaborou isso não entende nada de política (e não estou falando de politicagem), mas da Política. É necessário não só comparar o ‘caso brasileiro’ com outros, como deixar de valorizar o ‘técnico’ (a tecnocracia) em detrimento do político (como se esse/isso fosse sempre mal). O que tem que mudar, no caso da aposentadoria, é o próprio sistema previdênciário, os parlamentares (os atuais então….) não inventaram o sistema. A única defesa que faria disso diz respeito à quantidade de mandatos. Aí sim, se eles forem limitados, realmente não faria sentido pensar em aposentadoria de parlamentar, mas apenas contar o tempo de contribuição. Bastaria mudar isso.

  3. Robson Garcia disse:

    Gostei da iniciativa, acho valida qualquer delas que tentem moralizar as atitudes dos nossos parlamentares.
    A tentativa de diminuir a cumplicidade dos “bons políticos” com os politiqueiros fica mal vista, já que se o “bom politico” recebe, participa, é favorecido e se cala, então é conivente com a situação. Seria então prudente a esse parlamentar tomar alguma atitude moral à situaçâo mesmo não sendo sua culpa.

  4. Pingback: Rádio Cirandeira Ultrapassa as 200.000 visualizações | Rádio Cirandeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s