Fim do Beco da Lama põe em risco a cultura potiguar

Fim do Beco da Lama põe em risco a cultura potiguar

Foto de Hugo Macedo e Poema "O Beco da Lama II", de Amir Massud, Fonte http://almadobeco.blogspot.com/

É lamentável que aos poucos perdemos nossa história, com isso, corremos o risco de formarmos uma sociedade sem raiz cultural, sem identidade. Os grandes eventos com seus lixos eletrônicos arrastam multidões de filhos/as e netos/as, destas e de outras famílias, deformando-os com o mercado fonográfico e “pornofônico” que reforçam preconceitos machistas de discriminação de gênero, condição social, apologia ao crime a violência e a apologia à pedofilia expressa antecipadamente nos nomes das bandas, entre outras deformações.
Para isso não existem abaixo assinado ou posicionamento do ministério público. Mas esta gente se incomoda com a boemia da mais alta qualidade musical.
Que mesmo não reforçando em seus jeitos de ser e vestir o estilo refinado, que a classe média hipócrita aprecia, muito bem contribuíram e contribuem com a formação de tantas novas gerações, inclusive a geração da promotora, que em sua juventude participava desse tipo de evento, portanto, sabedora da importância que eles tiveram na sua formação cultural e cidadã.
Concluo apelando para o repensar desta medida, como afirma o colega Carlos Alberto Barbosa, os eventos do Beco da Lama podem continuar a existir, basta estabelecer o diálogo entre as partes e se chegar a um acordo. Assim todos/as ganham, principalmente a cidade e seu povo.

É hora de lançarmos uma campanha para evitara violação do direito a cultura:

VAMOS SALVAR O BECO DA LAMA

Antônia Alves
Jornalista da Rádio Cirandeira
Professora
Educadora Popular

Anúncios

Sobre mundosofismo

Somos educadores populares e acreditamos na teoria de educação freirena, este espaço se destina a comunicação popular nas mais variadas mídias e formas. Buscamos colaborar com a liberdade de expressão através da defesa absoluta da democratização da mídia, colaborando com causas e movimentos e seus protagonistas nas lutas em todas os meios inclusive através do ciberativismo em Rede Mundial de Computadores.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Fim do Beco da Lama põe em risco a cultura potiguar

  1. Pingback: Rádio Cirandeira Ultrapassa as 200.000 visualizações | Rádio Cirandeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s